COMUNICADO Nº 56/2012

(Novas orientações referentes à compensação das horas paradas durante o movimento grevista ocorrido no período de 28/04 a 02/09/2010)

No último dia 25, a AASPTJ-SP reuniu-se com alguns associados e com a diretoria do Núcleo de Apoio Profissional de Serviço Social e Psicologia do TJ-SP para discussão sobre o Centro de Visitas Assistidas do Tribunal de Justiça – Cevat.

 


Aconteceu no último dia 14, na sede da AASPTJ-SP, uma assembleia geral de associados. A reunião tinha como pauta a prestação de contas do ano de 2011, o reajuste da mensalidade da Associação para o ano de 2012 e também a abertura da AASPTJ-SP para novos associados e a alteração estatutária.



Sexta-feira (13/04) foi marcada por um evento muito importante, organizado pela AASPTJ-SP e pelo Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo (Cress-SP) – o seminário Escuta judicial de crianças e adolescentes: Proteção de direitos – dever de todos.



Dando continuidade ao programa de visitas às comarcas do Estado, a AASPTJ-SP esteve em Sorocaba no último dia 10. Representaram a Associação a primeira secretária, Maria Helena Correa, a conselheira fiscal Magda Melão e a assessora da diretoria Vilma Regina da Silva. Participaram assistentes sociais e psicólogos das cidades de Sorocaba, Angatuba, Votorantim e Itu.


Aconteceu nesta quarta-feira (28/03) a primeira assembleia geral dos servidores do Judiciário de 2012, na Praça João Mendes. Pela AASPTJ-SP participaram a primeira secretária, Maria Helena Correa, a segunda secretária, Mônica Carteiro, as conselheiras ficais Mônica Giacomini, Margarida Buosi, Magda Melão e Elaine Major, além de associados de diversas regiões do Estado.


Na manhã desta terça (20/03) o Tribunal de Justiça divulgou pelo Diário Oficial o reajuste salarial referente à data-base de 2012. À tarde, o presidente, desembargador Ivan Sartori, recebeu as entidades para confirmar que o índice de reposição foi de 6,5%. Também anunciou que em setembro será concedido mais 1,5% de reposição, totalizando 8% de reajuste.

ATENÇÃO: VAGAS ESGOTADAS!

Inscrições encerradas. Se a sua inscrição foi para a lista de espera, aguarde contato!


 


São Paulo, 14 de março de 2012

Prezado Associado

C O N V O C A Ç Ã O

Dando continuidade à programação de visitas às comarcas do interior do Estado por regiões, no ultimo dia 9, a primeira secretaria, Maria Helena Correa, a assessora da Diretoria Vilma Regina da Silva e o representante Claudio Garcia, estiveram na cidade de Barretos.

 

 

 

 

Ocorreu no dia 08 de março, na AASPTJ-SP, a primeira reunião do GT 30 HORAS JÁ, que tem como objetivo propor estratégias para viabilizar a conquista  da redução de jornada sem redução de salário para os psicólogos do TJ-SP, a exemplo do que já acontece com os assistentes sociais.

 


A AASPTJ-SP, representada pela presidente, Elisabete Borgianni, pela primeira secretária, Maria Helena Correa, pela segunda secretária, Mônica Carteiro, pela conselheira fiscal Magda Melão e por alguns associados, esteve nesta quinta-feira em audiência pública na Alesp pela instalação de uma Frente Parlamentar Antimanicomial.


Na tarde da ultima sexta-feira (24/02) o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, recebeu as entidades representativas dos servidores pela primeira vez.Horas antes da reunião, o presidente anunciou aos servidores via intranet que o TJ-SP pretende cumprir a data-base do período entre março de 2011 e fevereiro de 2012, um índice em torno de 6 ou 7%.


Há anos no Estado de São Paulo está em curso uma política de não reposição de perdas da inflação nos salários dos servidores.Tal estratégia configura-se como verdadeiro confisco salarial. Não podendo cortar salários existentes, o gestor público lança mão do artifício inconstitucional da não reposição inflacionária para que a folha tenha um crescimento vegetativo menor.

No último dia 10 de fevereiro, as diretoras Maria Helena Correa, primeira secretária; Esther A. K. Katayama, primeira tesoureira e a assessora Wanderli Caruso, participaram de visita a associados da região de Assis e Marília, contando com 29 participantes das cidades de Assis, Marília, Maracaí, Quatá, Ipauçu, Candido Mota, Garça, Gália, Pompéia, Paraguaçu Paulista.


Ocorreu no último dia 11 a primeira reunião do ano do Conselho de Representantes da AASPTJ-SP. Participaram os representantes das seguintes regiões: Araçatuba, Dracena, Itapetininga, Jales, Lapa, Marília, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Santana, Santos e Varas Especiais.

 


A AASPTJ-SP, representada pela presidente, Elisabete Borgianni, pela segunda secretária, Mônica Carteiro, e pela conselheira fiscal Mônica Giacomini, acompanhou a solenidade de abertura do ano judiciário, realizada no Palácio da Justiça no último dia 6. Durante o evento também ocorreu a posse dos integrantes da Corte, eleitos para o biênio 2012/2013: Ivan Ricardo Garisio Sartori (presidente), José Gaspar Gonzaga Franceschini (vice-presidente), José Renato Nalini (corregedor-geral da Justiça), que compõem os cargos de direção.



Dr. Ivan Sartori, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em discurso na cerimônia de Abertura do Ano Judiciário, citando o matemático e físico grego Arquimedes de Siracusa, declarou com ênfase e emoção: Dê-me um ponto de apoio e moverei o mundo.

 

 

 


A AASPTJ-SP, representada pela presidente, Elisabete Borgianni, e pela primeira secretária, Maria Helena Correa, acompanhou a audiência pública realizada nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa sobre a reintegração de posse ocorrida no Pinheirinho, em São José dos Campos.

 

 



Na audiência pública convocada na Assembleia Legislativa de São Paulo na quarta-feira desta semana, que tinha como pauta o debate sobre as violações de direitos e os abusos cometidos pelos agentes do Estado no Pinheirinho, o que mais chocou foram os depoimentos dos moradores.



Bookmark and Share