Há uma semana noticiamos a aprovação do Projeto de Lei 112/2013, que aumenta as custas judiciais de 2 para 4%, foi aprovado na Assembleia Legislativa. E comentamos que deputados da base aliada ao governo nos diziam que deveríamos apoiar esta aprovação, pois este era o único caminho para que outros projetos, como o PLC 06 (cria cargos de assistentes sociais e psicólogos) e o PLC 56 (nível universitário dos oficiais de justiça) também pudessem ser aprovados.

 


Indignação. Perplexidade. Não há adjetivo suficiente para descrever o que sentimos na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (09/06). Foi assim que assistimos a Casa de Leis realizar duas sessões extraordinárias para aprovar o Projeto de Lei Complementar 112/2013, que aumenta as custas judiciais de 2 para 4%.

Na data de ontem (09/06) saiu a sentença dando ganho de causa à AASPTJ-SP na ação contra o aumento abusivo proposto pela Unimed/FESP no plano de saúde dos associados. O juiz ratificou a decisão liminar, mantendo o índice da ANS, ou seja, 9,65%. A FESP poderá entrar com recurso contra essa decisão. Veja a íntegra da decisão

A ação do Adicional de Qualificação objetiva obter a determinação judicial de incidência do AQ sobre Quinquenios e Sexta-Parte, que não vem sendo realizada pelo Estado de São Paulo. Ainda, a ação objetivará a cobrança retroativa do AQ, a partir da data do protocolo diploma ou certificado no site do TJSP, até a data do início de pagamento do benefício.

Incansáveis na luta, a AASPTJ-SP e o grupo de assistentes sociais e psicólogos aprovados no concurso de 2012 estiveram mais uma vez na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (26/05), fazendo gestões pela aprovação do PLC 06/2013.

 


A AASPTJ-SP, representada pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Neves, participou nesta quinta-feira (28/05) de reunião entre entidades e a Secretaria da Área de Saúde (SAS) do TJ-SP. Representando a instituição estavam os desembargadores Eduardo Siqueira (coordenador da SAS) e Antonio Carlos Malheiros, os juízes assessores da Presidência Maria de Fátima Pereira da Costa e Silva e Fernando Awensztern Pavlovsky, o secretário da SAS, Tarcísio dos Santos e o coordenador de perícias, Ricardo Terres.

No período de 14 a 22 de maio, foram realizadas reuniões com representantes e associados da AASPTJ-SP, na cidade de São José do Rio Preto, Mirassol, Fernandópolis e Jales. Também participaram associados de Nova Granada e Estrela D'Oeste.

 

 

Saiu pela tangente, mais uma vez. Os servidores esperavam uma resposta do Tribunal de Justiça sobre a complementação do índice de reposição salarial para que atinja a inflação do período. No entanto, na sexta-feira (15/05), dia da assembleia geral da categoria, o TJ-SP respondeu por e-mail apenas que continua "encetando esforços" para melhorar o índice. O TJ ofereceu 6,5%, mas o índice calculado pelo INPC é de 7,8%.

A edição deste ano do Seminário de Serviço Social, organizado pela Cortez Editora teve como tema “Conservadorismo, lutas sociais e Serviço Social: expressões e desafios ao projeto ético-político”. AASP Brasil e Movimento Sociojurídico "ocuparam" palco. Veja como foi

“Pra que Legislativo, se quem manda é o Executivo?” foi com esse bordão que, mais uma vez, reforçamos a nossa luta na Assembleia Legislativa pela aprovação do Projeto de Lei Complementar 06/2013. Na tarde desta terça-feira (12/05) tivemos a clareza de que o nosso movimento instaurou uma crise entre o Legislativo e o Executivo.

 

Camila Marques/Assojubs

O pagamento será feito no holerite deste mês, com crédito para junho, sem retroatividade. Foi o que anunciou o desembargador Antonio Carlos Malheiros, que recebeu as entidades representativas dos servidores do Judiciário na tarde desta segunda-feira (11/05).

 

 


Nesta terça-feira (28/04) a AASPTJ-SP, associados e profissionais aprovados no concurso de 2012, estiveram mais uma vez na Assembleia Legislativa para dar continuidade à luta pela aprovação do PLC 06/2013. Lotamos as galerias junto com o grupo de oficiais de justiça que lutam pela aprovação do nível universitário para a categoria. No entanto, mais uma vez, nosso projeto não entrou na pauta do dia.

 

Estamos chegando ao mês de comemoração do Dia do Assistente Social e queremos aproveitar para mostrar nosso potencial de mobilização para o Tribunal de Justiça de São Paulo. A ideia é fazermos paradas, no cotidiano de trabalho, registrando com fotos (no mesmo formato que realizamos no Dia do Psicólogo, no ano passado).

 

De 04 a 07 de maio de 2015, a Cortez Editora, em parceria com AASPTJ-SP, oferece condições especiais para participação no 8º Seminário Anual de Serviço Social.

Veja como fazer sua inscrição

 

 

Nesta quarta-feira (22/04) a AASPTJ-SP esteve mais uma vez na Assembleia Legislativa trabalhando pela aprovação do PLC 06/2013, que cria cargos de assistentes sociais e psicólogos para o Tribunal de Justiça de São Paulo. Na quinta fomos recebidos pelo líder do governo, deputado Cauê Macris. Veja como foi


Mais um dia de luta para ficar na memória. Nesta terça-feira (14/04), a AASPTJ-SP, associados e representantes do grupo de assistentes sociais e psicólogos aprovados nos concursos de 2012 e ainda não nomeados mais uma vez tomaram as galerias do Plenário Juscelino Kubitscheck, na Assembleia Legislativa, para pressionar os deputados estaduais pela aprovação do PLC 06/2013. 

Em virtude da Assembleia Geral dos Servidores, marcada para a última sexta-feira (10/04), o Tribunal de Justiça encaminhou à Comissão das Entidades a resposta à pauta de reivindicações entregue após a realização da primeira assembleia da Campanha Salarial 2015, realizada no final de fevereiro. Porém, nenhuma novidade. As respostas geralmente foram: “não há verba” ou “não há previsão legal”.

Nesta terça-feira (31/03), a AASPTJ-SP esteve novamente na Assembleia Legislativa na luta pela aprovação do PLC 06/2013. No entanto, mais uma vez, o projeto não foi a votação. Veja o que aconteceu

 


Nesta terça-feira (24/03) a AASPTJ-SP retomou suas ações na Assembleia Legislativa, visto que os deputados estaduais tomaram posse no último dia 15. Participamos de reunião das entidades representativas dos servidores públicos, convocada pela Fespesp (Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo) e também retomamos a luta pela aprovação do PLC 06/2013, que cria cargos de assistentes sociais e psicólogos para todo o estado

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Assetj, o pleno do Órgão Especial do TJ-SP, aprovou em sessão realizada hoje a tarde, que o Tribunal aplique a Lei 1.217/2013 (adicional de qualificação) mantendo seus efeitos a todos os servidores.


Bookmark and Share