No dia 27 de novembro a Associação promoveu uma reunião em Ribeirão Preto com as equipes técnicas da região, tendo comparecido associados das cidades de Bauru, Brodowski, Sertãozinho, Ribeirão Preto, Rio das Pedras, Guariba, São Carlos, Pitangueiras, Guará, Américo  Brasiliense, Araraquara, Ituverava, Pirangi e  Monte Alto.


A Equipe Técnica das Varas Especiais da Infância e Juventude, em conjunto com as equipes do Ministério Público e da Defensoria Pública realizaram a terceira edição dos Diálogos Interdisciplinares. Este ano o tema foi: Saúde mental e adolescência.

 

O Tribunal de Justiça anunciou no Diário Oficial desta sexta-feira (04/12) o pagamento da integralidade da data-base de 2015, retroagindo a 1º de março, por meio da Resolução Nº 729/2015. No entanto, três páginas depois, há um comunicado da Presidência diz que o pagamento será apenas em janeiro de 2016 e o retroativo será pago quando houver disponibilidade orçamentária

A AASPTJ-SP, representada pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Neves, participou nesta quinta-feira (26/11) de reunião entre entidades e a Secretaria da Área de Saúde (SAS) do TJ-SP. Participaram pela instituição o desembargador Antonio Carlos Malheiros, os juízes assessores da Presidência Maria de Fátima Costa e Silva e Fernando Awensztern Pavlovsky, e o secretário da SAS, Tarcísio dos Santos.

 

A AASPTJ-SP esteve no último dia 19/11 em audiência com o juiz assessor da Corregedoria Paulo Roberto Fadigas César para tratar de assuntos de interesse do Serviço Social e da Psicologia. A Associação foi representada pela presidente, Elisabete Borgianni, pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Neves, pela assessora da Diretoria Vilma Regina da Silva e pelos assessores jurídicos Sonia Guerra e Thiago Pugina.

 

Recebemos nesta terça-feira (24/11) a informação de que o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Renato Nalini, teria anunciado que a Instituição irá cumprir a integralidade da data-base dos servidores e pagar, em dezembro o índice de 1,18% restante para completar o INPC do período entre março de 2014 e fevereiro de 2015. A retroatividade a março entrará para o passivo do TJ e deverá ser discutida só na próxima gestão. No entanto, até o momento, não recebemos nenhum anúncio formal por parte do TJ sobre este assunto.

Foi publicada no Dário Oficial desta segunda-feira (16/11) a lista final do Processo de Remoção 2015 para os cargos de agente administrativo judiciário, assistente social judiciário, contador judiciário, oficial de justiça, psicólogo judiciário e escrevente técnico judiciário, bem como as orientações de quando os servidores poderão assumir seus postos de trabalho nas comarcas escolhidas

 

No último dia 6, ocorreu a reunião do Conselho de Representantes da AASPTJ-SP. Conselheiros e Diretoria debateram sobre a atual conjuntura, as ações da Associação e temas de pauta para a Assembleia dos Associados, que acontecerá no dia 12 de dezembro.

 

No próximo dia 27/11 a AASPTJ-SP realizará o Encontro de Assistentes Sociais e Psicólogos da 6ª Região de Ribeirão Preto. Veja programação e como fazer a inscrição

 

O Tribunal de Justiça divulgou no Diário Oficial Eletrônico desta terça-feira (03/11) o resultado final do Processo de Remoção 2015. A data de remoção de cada servidor será divulgada posteriormente

 

Nesta quinta-feira (22/10), a AASPTJ-SP e demais entidades representativas dos servidores estiveram reunidas com os juízes assessores da Presidência Maria de Fátima Pereira da Costa e Fernando Awensztern Pavlovsky e a secretária de orçamento do TJ-SP Helena Yaeco Fujita Azuma. A reunião tinha como objetivo principal tratar tecnicamente da possibilidade de o Tribunal cumprir a integralidade da data-base de 2015 e pagar o índice de 1,18% que faltou para completar o INPC do período.

Conforme noticiado, ocorreu nesta sexta-feira (16/10) reunião entre as entidades e representantes do TJ-SP que compõem o Comitê do Processo de Remoção. A AASPTJ-SP foi representada por sua presidente, Elisabete Borgianni, um dos membros do Comitê. A reunião tinha como objetivo principal a decisão da data final do processo de remoção de 2015.

Nalini recebe entidades, mas insiste que não há recursos para pagar 1,18% da diferença do INPC. Representantes dos servidores irão reunir-se com técnicos do orçamento em data a ser definida nos próximos dias

 

 

 

As entidades representativas dos servidores do Judiciário estiveram reunidas nesta quinta-feira (01/10) para tratar de formas de ação e mobilização para os dois últimos meses da gestão Nalini já que estamos em outubro e não recebemos nenhuma reposta concreta aos diversos itens da pauta de reivindicações. A AASPTJ-SP foi representada pela primeira secretária, Maria Helena Correa e pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Neves.

A AASPTJ-SP foi convidada pelo Tribunal de Justiça a acompanhar a primeira reunião do Comitê Gestor de Orçamento e de Priorização do Primeiro Grau. Apesar de não ser membro do comitê e não ter poder de voto, o TJ-SP entendeu que as entidades que compõem a Comissão de Recursos Humanos, que entre outras questões trata com a instituição sobre o instituto da remoção, poderiam colaborar nas questões tratadas pelo comitê.

 

 

Em passagem por Londres, a presidente da AASPTJ-SP e da AASP Brasil, Elisabete Borgianni, participou de marcha em prol dos refugiados no último dia 12.

 

 

 

 

 

 


A AASPTJ-SP informa seus associados que o plano médico por nós contratado é com a Federação das Unimeds (FESP) e não com a Unimed Paulistana. A FESP possui rede própria de atendimento (veja anexo na notícia).

 

A AASPTJ-SP, representada pela assessora da Diretoria Vilma Regina da Silva, participou na última segunda-feira (17/08) de reunião de entidades representativas de servidores públicos do estado de São Paulo. O encontro ocorreu na Assembleia Legislativa e discutiu-se a divulgação de uma possível minuta de Projeto de Lei, pelo Executivo, que versa sobre a retirada de direitos dos servidores públicos, especialmente em relação à extinção da licença-prêmio, além da redução de incentivos financeiros (bônus e participação em resultados).

No dia 17/08, a AASPTJ-SP, interessada em conhecer como estão ocorrendo as recém-criadas audiências de custódia,esteve em visita às colegas, Mônica Aparecida de Souza Tavares, assistente social, Tatiana Alves Kamiya, psicóloga e Marlene Morais Luiz, estagiária de Serviço Social, do Setor Técnico da CEAPIS – Central de Alternativas Penais e Inclusão Social da SAP - Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, responsáveis pelo atendimento dos presos em flagrante encaminhados às audiências de custódia no Fórum Criminal da Barra Funda.

 

 

 

Conseguimos! O PLC 06/2013 foi aprovado pela Alesp nesta quarta-feira (05/08). Não conseguimos a aprovação do projeto com seu texto original, mas com a emenda apresentada pelo líder do governo, deputado Cauê Macris (PSDB) que corta os cargos para apenas 25% do total, ou seja, 95 assistentes sociais e 42 psicólogos. Mas, diante da atual conjuntura em que vivemos foi uma vitória e tanto! Veja como foi


Bookmark and Share